sexta-feira, 19 de julho de 2013

O Coletivo Boamistura

Por Caroline Magalhães

O Coletivo Boamistura é um grupo espanhol formado por cinco artistas urbanos que nasceu no final de 2001 na cidade de Madri. O coletivo espanhol que tem nome em português, já interveio em vários lugares do mundo como na África, Noruega, Berlim e até no Brasil, em São Paulo. O nome do grupo faz referência à diversidade de formações e pontos de vista de seus membros, são visões distintas que se misturam em favor de um único resultado.

A arte do coletivo acontece principalmente no espaço urbano e no Brasil seu trabalho foi na favela Vila Brasilândia, zona norte de São Paulo. Lá eles ficaram 15 dias hospedados nas casas dos moradores e com a ajuda deles espalharam palavras de motivação pelos becos e vielas da favela, utilizando um truque que faz com que as letras pareçam estar flutuando se visto do ângulo ideal. O projeto "Luz nas Vielas" contou principalmente com a ajuda das crianças, o que estabeleceu uma relação especial delas com esse espaço. As cores poderão também auxiliar na orientação espacial de quem caminha, além de toda a beleza que a pintura trouxe ao lugar.










O coletivo realizou projetos relevantes em diversas partes do mundo trazendo vida a áreas degradadas das cidades. A seguir podemos ver algumas:

Na Casbá de Argel, capital da Argélia, é conservada a cor branca antiga e envelhecida e sobreposto um branco novo, fazendo-se desenhos nesses dois tons e remetendo a cor típica das casas.


O projeto "Somos Luz" na Cidade do Panamá, capital do país com mesmo nome, os corredores de um edifício recebem cores abstratas que ganham vida com cenas diárias como pendurar roupas, formando composições em que toda a cena se transforma em arte.


Na cidade de Hamar na Noruega, em uma praça que foi redesenhada, pintou-se um tapete de 1500 m² que remete às roupas norueguenses tradicionais. Esse é o "Sonhar Amar".



Crédito das fotografias: Coletivo Boamistura

Para saber mais:

boamistura
http://www.boamistura.com/

Intervenções urbanas se espalham e desafiam a concepção de cidade
http://oglobo.globo.com/amanha/intervencoes-urbanas-se-espalham-desafiam-concepcao-de-cidade-7359778